sábado, 24 de setembro de 2011

O PECADO CONTRA O ESPÍRITO SANTO 2


APOSTASIA PESSOAL

O PECADO CONTRA O ESPÍRITO SANTO 2


Mateus 12:31

“ E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do Homem, ser lhe á perdoado, mas,se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro”

A blasfêmia contra o Espírito Santo é a rejeição contínua e deliberada do testemunho que o Espírito Santo dá de Cristo, da sua Palavra, da sua Obra de convencer o homem do pecado (Jo16:7-11).Aquele que rejeita a voz do Espírito e se opõe a ela, afasta de si mesmo o único recurso que pode levá-lo ao perdão – o Espírito Santo.

Os passos que levam à blasfêmia contra o Espírito Santo:

1- Entristecer o Espírito. Se isto for contínuo, levará à resistência ao Espírito(Ef4:30).

2- Resistir ao Espírito leva ao apagamento do Espírito dentro da pessoa(1Ts5:19).

3- Apagar o Espírito leva ao endurecimento do coração(Hb3:8-13).

4- O endurecimento do coração leva a uma mente réproba e depravada, a ponto de chamar o bem de mal e o mal de bem(Rm1:28;Is5:20).

Quando o endurecimento do coração atinge certa intensidade que somente Deus conhece, o Espírito já não contenderá para levar aquela pessoa ao arrependimento(Gn 6:3/Dt29:18-21)/1Sm2:25).

Quanto àqueles que se preocupam pensando que já não cometeram o pecado imperdoável, a sua disposição de se arrependerem e quererem o perdão, é evidência de que não cometeram o tal pecado imperdoável.

A APOSTASIA POSSOAL

HEBREUS 3:12 “Vede ,irmãos,que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para apartar do Deus vivo”.

A apostasia (Gr. Apostasia) aparece duas vezes no NT como substantivo (At21:21/2Ts2:3) e aqui em Hb 3:12, como verbo (gr.aphistemi, traduzido “apartar”). O termo grego é definido como decaída, deserção, rebelião,abandono,retirada ou afastar-se daquilo a que antes se estava ligado.

1- Apostatar significa cortar o relacionamento salvífico com Cristo,ou apartar-se da união vital com Ele e da verdadeira fé nEle. Sendo assim, a apostasia individual é possível somente para quem já experimentou a salvação, a regeneração e a renovação pelo Espírito Santo. Não é simples negação das doutrinas do NT pelos inconversos dentro da igreja visível. A apostasia pode envolver dois aspectos distintos, embora relacionados entre si:

a) A apostasia teológica- a rejeição de todos os ensinos originais de Cristo, dos apóstolos ou dalgum deles(1Tm4:1/2Tm4:3);

b) A apostasia moral- aquele que era crente e deixa de permanecer em Cristo para voltar a ser escravo do pecado e da imoralidade ( Is29:13;Mt23:25;Rm6:15).

2 – A Bíblia adverte fortemente quanto à possibilidade da apostasia, visando tanto nos alertar do perigo fatal de abandonar nossa união com Cristo, como para nos motivar a perseverar na fé e na obediência. O propósito divino desses trechos bíblicos de advertência não deve ser enfraquecido pela idéia que afirma: “as advertências sobre a apostasia são reais, mas a sua possibilidade , não”.Antes devemos considera-las um alerta, se quisermos alcançar a salvação final.

Exemplos da apostasia propriamente dita acham-se em Ex 32;2Rs17:7-23;Sl 106;Is 1:2-4;Jr 2:1-9; At 1:25; Gl 5:4; Tm 1:18-20; 2Pe 2:1-15.

Os passos que levam à apostasia são:

a) O crente,por sua falta de fé, deixa de levar plenamente a sério as verdades, exortações,advertências,promessas e ensinos da Palavra de Deus (Mc 1:15;Lc 8:13);

b) Quando as realidades do mundo chegam a ser maiores do que o reino celestial de Deus, o crente deixa paulatinamente d aproximar-se de Deus através de Cristo;

c) Por causa de aparência enganosa do pecado, a pessoa se torna cada vez mais tolerante do pecado na sua própria vida (1Cor 6:9,10; Ef 5:5; Hb 3:13). Já não ama a retidão nem odeia a iniqüidade;

d) Por causa da dureza de seu coração e da sua rejeição dos caminhos de Deus, não faz caso da repetida voz e repreensão do Espírito Santo;

e) O Espírito Santo se entristece, seu fogo se extingue e seu templo é profanado.Finalmente, Ele se afasta daquele que antes era crente.

Se a apostasia continua sem refreio, o indivíduo pode, finalmente, chegar ao ponto em que não seja possível um recomeço. Isto é, a pessoa que no passado teve uma experiência de salvação com Cristo, mas que deliberada e continuamente endurece seu coração para não atender a voz do Espírito Santo, continua a pecar intencionalmente e se recusa a arrepender-se e voltar para Deus, pode chegar a um ponto sem retorno em que não há mais possibilidade de arrependimento e de salvação.

Há um limite para a paciência de Deus

Esse ponto onde não há retorno, não se pode definir d antemão.Logo, a única salvaguarda contra o perigo de apostasia extrema está na admoestação do Espírito: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações.

É próprio salientar que, embora a apostasia seja um perigo para todos os que vão se desviando da fé e que se apartam de Deus, ela não se consuma sem o constante e deliberado pecar contra a voz do Espírito Santo.

Quem, sinceramente, preocupa-se com sua condição espiritual e sente no seu coração o desejo de voltar-se arrependido para Deus, tem nisso uma clara evidencia de que não cometeu a apostasia imperdoável. As escrituras afirmam com clareza que Deus não quer que ninguém pereça e declaram que Deus receberá todos que já desfrutaram da graça salvadora, se arrependidos, voltarem a Ele.

Postagem de Gabriel Felipe

2 comentários:

Anônimo disse...

o que acontece no caso dos que se desviam da fé e vão para um caminho pecaminoso? Eles tambem ferem ao Espírito Santo ? E como ficam? Porque algumas igrejas aceitam tambem os desviados da fá ? Isso é confuzo

Mateus disse...

Há diferença entre pecado e pecado contra o Espírito Santo, pecado sem perdão é aquele que nega a ação do Espirito Santo ou a atribue ao maligno, agora aquele que se desvia e peca, se envolvendo com eswte mundo, o seu coração fica duro, mas se ele se arrepende e volta é um sinal de que esta pessoa não cometeu apostasia, o problema é quando a pessoa se desvia e não volta, começa a negar tudo que Deus fez na sua vida, ai perde a fé, e a fé só é dada uma vez, é um risco muito grande se desviar, mas o desviado sempre vai ser bem recebido nas igrejas, é uma ordem perdoar, quem somos nós para negar o perdão e dizer que Deus não perdoará. Mas agora quanto aquele que nega a fé continuamente, nega o Batismo com o Espirito Santo, nega os dons Espirituais, nega a Palavra de Deus dizendo que é tudo mentira, ai já é algo que não quero julgar, só Deus para saber o que vai ser deste individuo, irmão descanse, enquanto há arrependimento e desejo de voltar, haverá perdão.