quarta-feira, 1 de agosto de 2012

O CONCEITO DE SALVAÇÃO


SALVAÇÃO
ALGO TÃO FALADO E ANUNCIADO, MAS POUCO CONHECIDO NA ÍNTEGRA

A paz de nosso Senhor Jesus a todos os leitores e amigos do blog Palavra a Sério. Este tema (salvação) foi o primeiro que escrevi e postei no blog (06/06/2011) e, como nunca deixa de ser atual, resolvi postá-lo novamente depois de um ano. Se sintam em liberdade para ler, questionar, criticar (com fundamentos bíblicos e ética),perguntar, acrescentar algo,copiar, divulgar, etc.
A Bíblia é a Palavra de Deus e, nós a levamos a sério! Boa leitura.

SALVAÇÃO:  Ato ou efeito de salvar ou salvar-se (dic. Aurélio)
Outros conceitos:
1. Tirar ou livrar de um perigo.
2. Dar saúde a um doente.
3. Transpor, vencer (espaços ou distâncias).
4. Passar por cima, saltando/galgar
5. Preservar.
6.  Registrar dados num suporte (ex.: salvar o ficheiro num CD)/gravar
7. Livrar da morte.
8. Religioso: Livrar do Inferno.
9. Saudar.
10. Dar salvas de artilharia.
11. Livrar-se.
12. Obter a salvação eterna.
13. Acoitar-se; abrigar-se.

Quais as implicações práticas da salvação em Cristo Jesus para o homem e a mulher de hoje?
A expressão JESUS SALVA é muito conhecida em nossos dias, pois além de ser convencionalmente anunciada é comum vê-la nos vidros dos carros e nos pára-choques dos caminhões. Entretanto, o que ela realmente significa?
Antes de tudo é importante ter em mente que Jesus é salvação.
 Ele é a própria salvação, ou melhor, a única salvação. Pedro afirmou: "E não há salvação em nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos" (At 4.12). Para o apóstolo Pedro Jesus é a salvação no mais profundo sentido da palavra.

Complementando Pedro,o apóstolo Paulo, por sua vez, acrescenta: "Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem" (I Tm 2.5). Além disso, o apóstolo entendia que o propósito divino para a salvação de alguém é eterno. "... Deus nos escolheu desde o princípio para a salvação...", diz Paulo em 2 Tessalonicenses 2.13. E em Efésios 1 diz ainda que Deus nos escolheu em Cristo para a salvação antes da fundação do mundo.
O Senhor Jesus, dentre outras maneiras, apresentou a salvação em termos de ato e processo, libertação e manutenção em santificação.

Vejamos, resumidamente, o que significa a salvação em Cristo Jesus:

A palavra grega que define SALVAÇÃO:

Σωτηρία – “soteria” - salvação, no sentido de: livramento de algo.

O grego que interessa ao estudante do Novo Testamento, o assim chamado grego "coinê", e a forma feminina do adjetivo grego "coinós" que aqui e usado no sentido comum das palavras. O significado desta palavra abrange vários aspectos em nossas vidas.

A palavra grega “Sozo” pode ter varias definições para a nossa língua.
Ela se refere ao lado espiritual do homem, como também o seu lado físico, ou seja ela tem o significado de curar o corpo e a alma, e salvar do pecado,ou a salvação espiritual do homem.
Em fim ela abrange tudo que se refere a salvação: pode ser de uma enfermidade, de um pecado, de um livramento, como guardar, ou salvar.
(fontes tiradas do livro : Novo Testamento Interlinear- grego -português.)
Nas Escrituras Hebraicas, “salvação” usualmente significa resgate ou livramento de opressão ou duma morte violenta, prematura. Por exemplo, chamando a Jeová de “Aquele que me põe a salvo”, Davi disse: “Meu Deus é minha rocha. . . . Meu lugar de refúgio, meu Salvador; da violência me salvaste. Invocarei Aquele que deve ser louvado, Jeová, e serei salvo dos meus inimigos.” (2 Samuel 22:2-4) Davi sabia que Jeová escuta quando Seus servos fiéis clamam por ajuda. — Salmo 31:22, 23; 145:19.

Conceito real de salvação (na vida do verdadeiro servo do Senhor)
Pois bem , amados. Deus preparou um projeto para a humanidade na qual Ele chamou “redenção’’. Mas devemos entender que Deus criou o homem para viver com Ele num tempo eterno e profético, o “Kairos’’ΚΑΙΡΟΣ ( tempo de Deus ) e, esse conceito de salvação não existia porque simplesmente não era necessário (o homem estava salvo), mas com o pecado então , a criação viu a morte (perdeu o direito da vida), mas para o homem ,Deus institui a salvação já profetizando o próprio Cristo em Gênesis quando Adão e Eva reconhecendo a nudez , Deus mata um cordeiro para os cobrir. E tal palavra “cobrir’’ foi constantemente usada na lei de Moisés posteriormente no culto levítico, “kappar’’ ,expiar, tornar puro, mostrando e apontando para a futura salvação (livramento da morte) que viria pelo sangue do sacrifício.

Hoje a igreja tem acesso a essa graça soberana de Deus, a salvação em Cristo Jesus, mediante a fé em seu nome (1pedro 2:09; hebreus 3:5,6) Segundo a palavra de Deus, a salvação depende da minha e sua escolha como sacerdotes formados pela graça de Deus em Cristo. Escolha essa, particular crendo no Nome de Jesus, certo ? Certo! Isto mesmo, mas, e aí? Crendo estou salvo? Sim, lógico, mas apenas crer que Cristo é Salvador é necessário ? Eis aí a questão que nos envolverá aqui nesta postagem.

Salvação: Um ato soberano, um processo humano

Vejamos (apenas um exemplo, dentre outros)em Marcos 5:25-29 “a mulher que tinha um fluxo de sangue’’ (atribuição bíblica):

Jesus estava cumprindo seu ministério terreno, anunciando seu Reino e, com tudo, operando sinais dentre o povo. Notemos aqui que, a salvação que você tem hoje acesso era apenas para um povo eleito (Israel ).Mas durante seu curto ministério terreno, Jesus transpassou limites buscando ovelhas perdidas que não eram de seu rebanho.

 Tal mulher padecia de uma doença, um corrimento.Esse fluxo sanguineo a deixava afastada do meio social, pois a própria lei (Torah) considerava imunda a pessoa neste estado, o próprio sangue em corrimento ali era imundo. Interessante que Jesus , passando ali, foi ao encontro da filha de Jairo solicitado pelo mesmo.

Não havia um encontro “formal’’ marcado pela mulher à Jesus e, nem de Jesus à mulher. Esse encontro não estava formalmente preparado porque o homem se encarrega disso, mas a Salvação e a vontade de salvar pertencem ao próprio criador. Tal encontro estava marcado já na eternidade. Como?
 Essa mulher poderia ser uma jovem de vinte e poucos anos, ou de meia idade (o evangelho não informa), então como estava marcado esse encontro na eternidade ? Deus quis salvar! Isso bastou para que um encontro temporal acontecesse entre o Salvador e a criatura perdida.
Conhecemos isso como SOBERANIA DE DEUS, Deus escolhe o homem desde antes de seu nascimento no mundo temporal, no tempo ,
“Kronos’’ do homem. E qual o argumento que Deus usa para salvar o homem? Nenhum!Não precisa! Ele quis salvar (Efésios 2:8,9). Vejamos um exemplo de David no salmo 139:15,16 e, também, Jeremias 1:05 (não deixe de conferir). Aquela mulher era ELEITA SEGUNDO A PRESCIENCIA DE DEUS (efesios 1:4,5/1pedro 1:02 ).

Então, em meio à multidão, ela decidiu ir ao encontro de Jesus. Ela conhecia algo superficial sobre salvação (se tão somente eu tocar...) assim como o cego em Jericó sabia que Jesus era o filho de Davi, eleito ao trono, mas, jamais havia experimentado tal experiência com Deus . Mas era necessário um encontro. Deus escolhe por si só Salvar, é um atributo de sua divindade soberana, Ele promove esse encontro necessário, e, tal salvação se revela em Jesus, num encontro pessoal com ele (Atos 9:4-7), e logo o Espírito Santo se encarrega da santificação do salvo (escolhido) para herdar a salvação.

Notou que a salvação é um ato soberano de um Deus triuno?

 Mas, esse Deus salva apenas alguns? Jesus morreu e ressuscitou para alguns?

Deus predestinou alguns apenas para a salvação ?

Vemos pela palavra que não. A humanidade foi predestinada para ser salva, eterna com o Criador, mas, com o pecado, a humanidade se tornou “sem direito’’ da eternidade, e hoje, Deus prepara cada um para ter um encontro com o Salvador, tendo a escolha de aceita-lo ou não. Então, partindo desse pressuposto, a salvação é soberana de Deus, mas depende de mim, de você desejá-la e buscá-la e, como um tesouro, preservá-la sempre.

Voltando para o texto em Marcos, vemos que a mulher então decidiu buscar sua benção, aquilo que ela sabia em seu coração que era superficial, se tornou uma revelação de algo maravilhoso: Um encontro real com o SALVADOR . Encontro este promovido pelo Pai e instituído por Jesus. Jesus podia ter seguido outro caminho, mas ali passou porque ali havia de se cumprir algo que foi programado na eternidade.

Como no exemplo da mulher samaritana, Jesus “achou necessário passar em Samaria’’ para ter um encontro com aquela mulher (isso foi programado na eternidade).

E, mesmo com o fluxo de sangue, ali estava ela, diante do Mestre de Israel. Tocou em Jesus em suas vestes pelas orlas (reconhecendo seu sacerdócio santo). Intrigante é que, no meio da multidão, apertado pela mesma, Jesus pergunta : “quem me tocou’’? Algum discípulo podia ter dito: “Mestre, que pergunta é essa? Todos te tocam” .Mas , “ de mim saiu virtude’’ disse o Mestre. Ali foi inaugurado na vida daquela mulher o CHAMADO, pois existia a eleição (de Deus), agora . o chamado (por Jesus).

Sabemos da historia e seu desfecho. Ela foi curada . Ela pôde crer em seu Nome. Naquele momento ela tomou posse (pela ) da salvação.

Agora entra o tópico mais necessário :

A preservação da salvação e nossas vidas

Aqui , vou chamar de : PROCESSO

( O PROCESSO DA SALVAÇÃO )

Vimos que : Deus escolhe por si só salvar por ser soberano em graça e amor . chamamos esse primeiro ato de : ELEIÇÃO (acontece no tempo profético de Deus).

Deus revela sua intenção de salvar em Jesus (o autor da salvação) pelo CHAMADO ,onde Deus se revela ao homem , o chamando para a vida eterna (esse segundo ato vem de Deus, mas acontece no tempo do homem, no temporal, secular). Este chamado aconteceu, acontece e ainda vai acontecer na vida de muitos escolhidos até Jesus consumar a vitória da igreja na eternidade; esses dois primeiros atos são exclusivos de Deus, são preparados e promovidos por Deus.Mas o terceiro passo (processo) é unicamente do HOMEM.

Acontecendo então o milagre em sua vida, a mulher que já não tinha mais o fluxo de sangue (ausência de sangue é ausência de vida), ela vai embora ,salva, por ter tido um encontro pessoal com Jesus.

Mas, o que aconteceu no dia seguinte ?

A bíblia não relata mais a vida desta mulher. Seu registro acaba ali. Mas sabemos que ela era como nós somos. Sujeita ao tropeço, à decepção, à perda do primeiro amor, etc. Como eu e você, ela trabalhava, acordava cedo, ouvia injúrias, passava dificuldades. O que ela mediante sua vida secular fez com a salvação revelada naquele dia em que se encontrou com Jesus?

Irmãos, aí está a questão: Você recebeu seu chamado sim . Você foi e é um eleito sim (se tem convicção disso), mas, você está sustentado ainda em sua primeira experiência com Deus?

Quantas você já teve nos dias de hoje?  Como está sua vida com Deus? Acha que é salvo porque “um dia’’ aceitou Jesus e está freqüentando uma igreja?

Vejamos mais sobre essa questão:

A salvação é dada por Deus na medida que decidimos pela fé que queremos viver eternamente com Deus em Jesus. Mas, a palavra diz que a  não é do homem e a fé natural nada aproveita para a vida eterna. A palavra garante que só vai subir para a eternidade , o que de lá veio. Portanto, nossa fé natural nada aproveita, nossas obras seculares para nada aproveita. Mas a  que é de Deus, ela sim aproveita para a salvação.

 Jesus quando vier arrebatar seu povo, o requisito fundamental é a fé (o firme fundamento da igreja ). Jesus é revelado pela fé.

Mas a fé é mesmo de Deus? Sim! É uma condição dada pelo Espírito santo ao crente para caminhar o dia-a-dia sem titubear, sem tropeçar e embaraçar com as coisas desse mundo. Ela é um resultado da GRAÇA. A fé não é nossa, é dom de Deus. Paulo disse em uma de suas cartas que, ele acabou a carreira e , “ guardou’’ a fé. Por que guardou ? Por que era de Deus , dada pelo Espírito Santo.

Você até aqui leu e deve está se indagando: “ como recebo do Espírito Santo essa fé’’?

Respondo: caminhando firme em SANTIFICAÇÃO.

Quando você recebe o seu chamado, aceita a salvação em Jesus, apenas é aberto pra você um novo caminho(um novo e vivo caminho). E caminho é para ser andado (processo diário). A salvação só existe em SANTIFICAÇÃO .

Em santificação, você caminha e recebe de Deus a fé e os outros benefícios da Graça para vencer durante a caminhada diária em sua nova vida de SERVO  DO SENHOR.

Em santificação pelo Espírito Santo, você está inserido na Graça, e é participante dos benefícios da mesma.

A Palavra de Deus nos ensina a crescer na graça e isso só é possível durante o processo de santificação (Pedro 3:18).

O que é santificação? Ser Santo é ser: separado, nesse caso separado para Deus.

Onde há santificação? No corpo de Jesus. Não numa igreja física. Não estou falando aqui de religião, mas de um corpo vivo, onde o sangue (Espírito Santo) circula.

Concluímos então que a salvação só é garantida, numa caminhada em santificação (no corpo de Cristo,pois o membro isolado não recebe o sangue). Nesse processo Deus te dá a fé para fazer firme essa vocação (convite; chamado) 1pedro 1:10
Caminhando, nesse PROCESSO, em santificação, você jamais tropeçará.

A paz do Senhor Jesus a todos !!!

(Gabriel Felipe M. Rocha)

2 comentários:

professor Lincon Alves Silva Borchio disse...

Paz, meu querido! Boa reflexão sobre a salvação. Sem santificação não tem jeito de ver a deus realmente. Obrigado por mais essa contribuição. Lincon

Gabriel Felipe disse...

Eu que lhe agradeço, a paz!