sexta-feira, 17 de agosto de 2012


Os diversos tipos de Ovelhas

Quando lemos o capítulo 34 do profeta Ezequiel, observamos verso 16 uma menção a vários tipos de ovelha, e uma repreensão aos pastores de Israel (sacerdotes) por não prestarem o devido cuidado às mesmas, que em conseqüência se espalharam, se tornando alvo fácil de predadores.
O Senhor então faz a promessa de que Ele mesmo buscaria estas ovelhas (v.11-16).

OVELHAS PERDIDAS: São aqueles que ainda estão espalhados pelo mundo.
São as “ovelhas que não tem pastor”(Mt.9:36).
O próprio Senhor Jesus falou à respeito destas ovelhas:
“Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a mim me convém conduzi-las; elas ouvirão a minha voz...” (João 10:16).

OVELHAS DESGARRADAS: São aqueles que estiveram um dia na presença do Senhor, já foram do rebanho, mas foram seduzidos e se iludiram com o mundo,se desviando do caminho da Salvação.

“Qual, dentre vós é o homem que, possuindo  cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e vai em busca da que se perdeu, até encontrá-la?
“Achando-a põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo...” (Lc.15:4-5)
“... alegrai-vos comigo porque já achei minha ovelha perdida...” (v.6)

OVELHAS FRACAS: São do rebanho, mas não conseguem caminhar sozinhos. Não tem estrutura espiritual para vencer as provas e lutas. Qualquer coisa está desanimando, falando em sair da Igreja... muitas vezes por motivos “insignificantes” aos olhos de quem já alcançou certa maturidade espiritual.
Mas, a Palavra nos orienta a “SUPORTAR” a estes:
“Ora, nós que somos fortes devemos suportar as debilidades dos fracos e não agradar-nos a nós mesmos” (Rm.15:1)

 OVELHAS DOENTES: Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem”. (1Co. 11:29-30)
O Doente se assemelha muito ao fraco, e muitas vezes a causa enfermidade espiritual está na “falta de alimento” ou na “alimentação errada” ou por “freqüentar ambientes contaminados”.
E é lógico que estamos falando de coisas espirituais e não físicas:

-Falta de Alimento (espiritual) = Não lê Bíblia, não participa dos cultos, e principalmente da Escola Dominical (obs: Lembrando que assistir um culto é diferente de participar de um Culto). Em conseqüência a alma não é alimentada.

- Alimentação errada= Tem tempo para novelas, filmes, revistas de fofoca, bate-papo no Face-book, mas nunca para a Palavra de Deus. Só abre a Bíblia nos cultos.

-Ambiente Contaminado = O Ditado popular “diga com quem andas e te direi quem és” tem se mostrado cada vez mais verdadeiro. Creio eu que quem o escreveu se inspirou na Bíblia:
"Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau" (Provérbios 13:20).
Lembro-me com tristeza de muitos que se desviaram, e o histórico é o mesmo: Tinham mais amizades e convívio com o mundo, do que com a Igreja.

OVELHAS QUEBRADAS: São irmãos que caíram em tentação, e precisam de tratamento, de restauração.
“Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós que sois espirituais, corrige-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado. Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo” (Gl. 6:1-2).

OVELHAS GORDAS E FORTES: Há no texto em Ezequiel 34 uma repreensão a estas ovelhas, pois são as que maltratam as fracas, impedindo-as de comer e beber, ao ponto de lançá-las para fora do aprisco. Representa o crente soberbo, orgulhoso, auto-suficiente, o “dono da razão”, que se acha melhor que os outros... que com suas atitudes acaba tirando as pessoas da Igreja.
“... mas a gorda e forte destruirei...” (Ez. 34:16)

O Profeta Isaías completa a lista de tipos de ovelha no Capítulo 40 de seu livro, no versículo 11:

OS CORDEIRINHOS: A importância das crianças no Corpo de Cristo. A Igreja deve dar às crianças uma atenção especial, o mesmo cuidado, carinho e valor que o Senhor deu a elas.

“Como pastor, apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos e os levará no seio...” (Is. 40:11)

“...Deixai vir a mim os pequeninos porque dos tais é o reino dos céus”(MT.19:14).

OVELHAS PROCRIADORAS: Aquelas que geram novas ovelhas, que amamentam. É o crente que acompanha o novo na fé, ensinando orar, ler a Bíblia, dar bom testemunho, evangelizar... que coloca em prática o discipulado... é o Pregador, o Obreiro, o Diácono, o Pastor... que forma outro, o Instrumentista (músico) que forma outro... a Professora ou Professor de Escola Bíblica Dominical que se preocupa em acompanhar o crescimento espiritual de seus alunos...

Aí vem a recompensa de quem cuida e alimenta-os: “... as que amamentam ele guiará mansamente”.

Como membros do Corpo de Cristo não devemos desprezar aqueles conhecidos como “crentes complicados”, mas, no mínimo orar por eles, pois o próprio Senhor tem prazer em restaurá-los.

Gustavo Rodrigues

4 comentários:

Pr. Ivanildo Correa disse...

Muito boa a distinção, meu irmão. Vamos apescentar o nosso povo com amor, cuidado e ,principalmente, doutrina ! Abraço e paz!

professor Lincon Alves Silva Borchio disse...

Maravilha de postagem. Continuo atento ao blog. Lincon

Anônimo disse...

MEUS CAROS IRMÃOS E AMIGOS GUSTAVO,MATEUS E GABRIEL, APSJ! DANDO EU UMA OLHADINHA NA RÁDIO TROMBETAS, PRA VER O QUE SOBROU DE TUDO AQUILO QUE ACONTECEU, PUDE OUVIR ALGUNS COMENTÁRIOS QUE ME DEIXARAM UM POUCO PREOCUPADO. ACABEI ENVIANDO UMA PERGUNTA PRA LÁ, QUAL É A VERDADEIRA FÉ? POIS MUITOS CONVIVERAM EM NOSSO MEIO POR LONGOS ANOS E ATÉ MESMO FORAM LEVANTADOS AQUI DO NOSSO LADO, E POR QUE ELES USAM TANTO O TERMO HERESIA, REFERINDO-SE A DOUTRINA DA OBRA; NÃO TEM COMO VOCÊS COLOCAR EM SEUS BLOG, UMA MENÇÃO A ISSO PARA QUE ELES TAMBÉM LEIAM O QUE VPCÊS TEM A DIZER SOBRE A HERESIA QUE ELES GARANTEM QUE NÓS VIVEMOS? PENSEM NISSO

Gabriel Felipe disse...

Aqueles que sairam, não eram dos nossos. Negaram a fé e doutrina na qual receberam de coração aberto em outros tempos. os que caem da graça e se ocupam em chamar de "heresia" aquilo que um dia viveu como experiência íntima com o Senhor Jesus não merece nossa atenção. A OBRA que Deus nos tem revelado a cada dia é uma OBRA eterna e espiritual, e não dogmática com base na letra. Eles não são dignos de nossa atenção. Seus caminhos são tortos; a maioria desses que se atém em caluniar a OBRA redentora do Senhor Jesus não vivem nem o mínimo que pregam.