terça-feira, 25 de setembro de 2012

O AMOR DO SENHOR


UM AMOR INCONDICIONAL

 

Por Gabriel Felipe Rocha

 

A Paz do Senhor a todos! Hoje decidi não postar um estudo bíblico, mas, uma mensagem que edificará sua vida. Em todos os momentos de sua vida você pode gozar da presença de um Deus que é puro amor,  também juízo, mas rico em misericórdia. Uma boa leitura.

 

Nos dois capítulos mencionados, Israel é visto em uma situação comum em ambos os textos: desvio espiritual, e, consequentemente o pecado que gerou uma presença da ira de Deus, assim também como profecias relativas ao livramento futuro.

       Mas no caso, bem especifico dos textos lidos, Deus demonstra um amor especial (incondicional) ao seu povo como um pai com o filho, pois, o povo pecara realmente, mas seu plano de redenção ainda estava de pé .

     Comecemos em Isaias  a nossa analise .

 

“Pode uma mulher esquece-se tanto do filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre ? Mas, ainda que esta se esquecesse , eu, todavia, não esquecerei de ti.” (Isaías  49:15).

 

 Num primeiro plano, você pode ver, em um caráter profético, que Deus manteve o seu projeto de amor e salvação para seu povo e para Jerusalém ( Jr 15:05) de uma forma particular. Jerusalém é mostrada de uma forma singular, íntima, particular porque Jerusalém sou eu  e você, somos nós dentro de um projeto eterno que o Pai tem de salvação(nesses dois textos Deus se revela de forma íntima ao seu povo). Então , Deus não se esqueceu de seu plano ( porque faz parte de sua vontade soberana ), Deus não se esqueceu de você apesar de, uma vez ou outra , ou até mesmo vive ou viveu um tempo longe de Deus, longe de sua vontade, vivendo na sua razão, na sua tradição , se conformando com o presente século , em provações, privações, lutas , aflições, etc. Enfim, numa vida sem paz e sem esperança.

 

Nós como Alvos dessa redenção , somos esse Jerusalém que Deus tem visto com amor profundo e incondicional.

 

“ pode uma mulher...”  A mãe, a que gerou . Deus permitiu a prova para Israel com o fim de abençoar seu povo, nunca o rejeitou pra sempre (diz a própria palavra). Foi como a mãe que cuida, mas corrige o filho que ama; em tudo, Deus quer se revelar a seu povo. Da mesma forma, Deus quer se revelar à nossas vidas mostrando-nos que, apesar de tudo, (lutas , provas, dificuldades diversas) Ele é amor, e seu amor é mais forte que a própria morte. Aquele cego que Jesus curou em meio as perguntas de seus discípulos (“ que ele fez...”... “qual era o seu pecado”?) Mas, Jesus havia dito : “ ..foi para manifestar a gloria de Deus” O homem é tendencioso à condenação alheia  e ao erro. Na dependência do homem , não teremos misericórdia, mas condenação. Por isso Deus tem tido o desejo de manifestar seu amor para com nossas vidas.

 

( pois não rejeitará pra sempre, nem tem prazer na nossa dor)

 

A mulher ( mãe) não se esquece mesmo quando o filho se torna distante e sai da sua origem ( a origem do homem é a eternidade), não se esquece quando o filho abandona o aconchego que ela oferece ( a GRAÇA ),

 

Uma curiosidade : Homem άνθρωπος  (antropos) significa : o que olha para cima. Deus fez o homem para viver e visualizar o que é eterno, o que é profético. “ olhai para o alto...segui para o alvo...”.

 

 “ Mas, ainda....” mas ( conjunção adversativa). Em todos os momentos de nossas vidas que a ADVERSIDADE  se impor,a duvida estiver presente, Deus já está , bem antes , com seus braços de amor estendidos. Pode sim a mulher( a mãe ) esquecer de um filho, porque é carne, é humana , o homem é inconstante , seu amor é limitado ; aquilo que é humano , é falho. Todos nossos projetos fundamentados em sentimentos e no homem, tendem a cair por terra, e , assim , nos causar decepção e angustia. Mas, ainda que aconteça ,” mas, ainda que a figueira não floresça”  , Ele, todavia não se esquecerá. ( existe um plano esterno, de amor eterno, a sua luta não pode vencer tal plano, anão ser que você não aceite esse amor em sua vida).

 

“Mas” = uma condição imposta  (no adversativo) .A mulher falharia (nossa origem é falha) , Mas o amor é eterno e presente “ Eu sou”  .  “ assim dirás aos filhos de Israel : EU SOU me enviou a vós”; O que sempre esteve presente , vendo a provação de seu povo. O povo precisou subir um clamor, Deus simplesmente ouviu e operou a libertação e redenção. (Eu, todavia, não me esqueceria de ti).

 

Indo para o texto em Jeremias 15 :05

 

A pergunta é “quem” . Quem ? O homem tem necessidade , tem sede da verdade, procura sempre em sua vivencia aquele ou aquilo que satisfaria sua alma ( ver em Cantares de Salomão cap. 3). Quem é essa verdade ? “ Eu sou o caminho , a verdade e a vida” , disse Jesus  a aqueles  que tinham duvidas e, que no momento ali, não sabia para onde ir .

 

Caminho = μονοπάτι -o Próprio Jesus , o elo de ligação do homem à eternidade;

Verdade = αλήθεια o Pai- dono da doutrina , ( verdade é aquilo que satisfaz a alma, alma essa que veio do Pai, seu sopro de vida em nós);

Vida =  ζωή – o Espírito Santo, que circula no corpo vivo de Jesus, a igreja fiel, o que convence o homem que há uma VIDA  eterna.

 

Jesus, é esse “ quem” que o homem deseja saber. É  o próprio amor (verbo amar ) presente em todo o Antigo Testamento.

O mesmo amor que Deus , nesse texto expressou à Jerusalém, Jesus em seu ministério demonstrou : “ muitas vezes quis te ajuntar , como a galinha ajunta seus pintinhos”.

 

Esse Jerusalém que cativou a tristeza do Mestre de Israel é, eu , você , nós todos que , um dia decidimos andar longe de seu projeto , que um dia desprezamos a OBRA dele em nossas vidas. Deus tem uma OBRA  que está sendo realizada, não um contexto religioso e , nem uma  movimentação emocional para atrair gente, mas um plano de redenção  nesses “ dias de Noé” .

 

Mas, cativante é ver, nesse texto , a ação misericordiosa do Deus Triuno  para com aquele que Ele elegeu.

 

“Quem se compadeceria”; “quem se entristeceria”; “quem desviaria” ?

 

  • Quem se compadeceria?  O Pai, o dono do projeto. O que um dia se  arrependeu em ter criado o homem. “arrepender” no original hebraico está ligado a : se entristeceu , se amargurou, se decepcionou. Mas, “ amou o mundo de tal maneira’’.
  • Quem se entristeceria? O Espírito Santo, o que se entristece com o homem que deixa a comunhão; o que , também, transporta para o Pai a nossa tristeza, nossa oração.
  • Quem  se desviaria ? Jesus fez isso. Ele estava com Deus, e era Deus ( João 1), mas, deixou a eternidade ( se desviou do elo profético) para vir resgatar no estagio temporal o homem perdido. Interessante que, Ele, o que se desviou , é quem “perguntou pela tua paz”.

Jerusalém (yerushalaim) –significa: CIDADE DE PAZ.  Mas, Jesus perguntou pela sua paz . porque ? Jesus quer ir de encontro à nossa identidade. Por fora, muitas vezes mostramos algo que não condiz com a realidade dentro dos corações.  A identidade de Jerusalém havia sido roubada  pelo inimigo (mesmo caso em nossas vidas um dia). Mas Jesus quer dar: a identidade original, devolver aquilo que é eterno.

 

 

Não importa qual é a circunstancia do momento; qual é a situação, como está sua vida. O Deus EU SOU não muda (é o mesmo ontem , hoje e eternamente); seu amor é imensurável e ilimitado. Mas, não é por isso que vamos andar ao nosso bel prazer porque há um Deus de amor. Não! Mas, andemos com os olhos espirituais abertos para ver que existe uma OBRA de amor que Ele opera, obra de resgate, andemos com o coração voltado para  tal projeto . E, nunca se desviar dele. Deus se revela ao homem, à sua criatura. Onde você está, Deus tem falado com você? Pode considerar sua vida como uma vida no projeto? Acredita que está vivendo uma Obra (Obra do Espírito)? (Examine o homem a si mesmo).

 

 

Gabriel Felipe

6 comentários:

Gabriel Felipe disse...

Irmãos e amigos do blog Palavra a Sério, a paz de nosso Senhor Jesus! Quem tem acompanhado o nosso blog desde o inicio, percebeu que essa postagem foi postada em 2011 (foi uma de minhas primairas aqui no blog). Fiz algumas correções necessárias e decidi postá-la novamente. Estou envolvido com algumas coisas da faculdade e tenho uma enorme dissertação para escrever, mas breve breve vou postar aqui um estudo novo... Um abraço a todos. Se torna um enorme prazer escrever no Palavra a Sério ao saber que temos leitores, amigos e irmãos que nos acompanham de verdade. A paz de nosso Senhor Jesus!

Everton disse...

Maravilha irmão. Estamos contigo, o blog é bom demais. Abraços. Everton

eternidadepelapalavra disse...

Boa mensagem. Que o Senhor te abençoe.

Noely Mendes Santana Bechi disse...

Realmente muito boa a mensagem. Engreçado, consigo receber uma benção lendo os artigos do blog.... Deus tem usado vocês, ein irmãos! Noely

Gabriel Felipe disse...

Aos amigos Everton, Weslley (do blog Eternidade pela Palavra) e Noely, deixamos o nosso agradecimento. Continue conosco.

eternidadepelapalavra disse...

Estou sentindo falta das suas visitas e comentários lá no eternidade pela Palavra. Passa lá qualquer hora dessas, num fica longe não...rssrsrrssr