sábado, 11 de junho de 2011

O anti-Cristo e a Grande Tribulação, o tempo de Israel

Irmãos, na minha última postagem paramos onde Jesus vem como Messias, com data marcada e confirmação histórica dos fatos; um fato relevante é que nesta mesma profecia a morte do Messias também estava prevista, a profecia previa como já mostramos, o ano em que se iniciaria o ministério de Jesus. Para entendimento desta mensagem de hoje é necessário você ler o estudo Deus marcou data para Jesus iniciar seu ministério.


Citamos agora outro texto:

"E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações." Daniel 9:26

"E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias...", mais uma vez vemos a veracidade da Palavra, logo após seu ministério Jesus entregou sua vida, como visto o estudo Está Consumado! Ele não foi morto mas entregou sua vida, confirmamos mais uma vez que a Palavra se cumpriu.

Hoje estudaremos principalmente o seguinte texto: "E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador." Daniel 9:27

Primeiramente, ele quem? "...e o povo do príncipe, que há de vir... O príncipe que há de vir, Satanás, Jesus afirma em João 16:11 "E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado", ele chama o adversário de príncipe deste mundo. O texto nos informa que ele fará com muitos uma aliança de uma semana, e no meio da semana ele muda a sua aliança. Vimos no estudo anterior que cada dia desta profecia corresponde a um ano, então ele fará um concerto de sete anos e em três anos e meio ele irá interromper a aliança.

Jesus diz no livro de Mateus CAP. 24 sobre um período de grande aflição, que é um período que Jesus disse respondendo a pergunta dos discípulos sobre quando seria o fim do mundo(Mateus 24:3), e continuando a responder Jesus faz a seguinte menção: "Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;" Mateus 24:15. Não são sete anos de grande tribulação, são três e meio, e começa quando o anti-Cristo, o príncipe deste mundo, um homem que vai reinar neste período, vai entrar como abominação no santuário. Santuário? que santuário? Olha o texto de Daniel nos diz que o povo deste príncipe destruirá o Santuário, então quer dizer que neste período da aliança, o Santuário voltará a ser construído e dos judeus, mas será. Os judeus hoje não sacrificam pois o único local segundo a lei que o Senhor escolheu para o povo sacrificar é o Templo(ou Santuário).

Então o anti-Cristo fará uma aliança com o mundo, trará paz, principalmente para Israel, que voltará a sacrificar, mas depois de três anos e meio ele mesmo entrará como abominação no Templo, e esse é o sinal que Jesus deixou avisando que iniciaria o período de aflição, pois a palavra abominação escrita no livro de Daniel no hebraico é :
                                                                                                                                                 
שקוץ  shiqquwts ou שׂקץ shiqquts: ídolo ou coisa detestável, coisa abominável, abominação, ídolo, algo detestável.

O anti-Cristo entrará no Templo querendo adoração para si, mas Israel não aceitará oferecer esta adoração, por isso no meio das Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.o da semana acaba a aliança, pois ali o anti-Cristo proibirá Israel de sacrificar: "e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação..." Daniel 9:27. Todo este período começa logo após o toque da ultima trombeta, quando haverá paz, mas a igreja já estará na eternidade com o Senhor. Jesus diz ainda no CAP. 24 de Mateus que os judeus fugirão, por que? pois haverá uma guerra contra Israel. Uma guerra comandada pelo príncipe deste mundo operando na pessoa do anti-Cristo.

Cito outro texto: "E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente." Apocalipse 12:14

Quem é esta mulher? Em Apocalipse 12:5, nos fala que esta mulher deu a luz a um filho varão que regerá todas as nações, e este filho foi arrebatado para o trono de Deus. Está claro que este filho é o Senhor Jesus, que veio de Israel, nasceu de um ventre de uma mulher Maria que era da Tribo de Judá, descendência de Davi, e se observarmos a genealogia de José, ele era o herdeiro do trono de Davi, que passa de Pai para filho, e Jesus era filho como se cuidava de José(Lucas 3:23), então ele era herdeiro legal do trono.(minha próxima postagem será a Genealogia de Jesus).

Entendemos então que está mulher é figura de Israel, e nos diz no texto de Apocalipse que ela fugirá, como Jesus disse aos discípulos, mas será sustentada por um tempo(um), tempos(dois) e metade de um tempo(meio); calculando 1 + 2 + 1/2 = 3 e 1/2, o tempo que Daniel disse que seria quebrada a aliança e viria a destruição era no meio da semana de anos, ou seja 3 anos e meio, mas Deus assume o compromisso de proteger a mulher(Israel) neste período fora da vista da serpente. Neste período a igreja estará na eternidade, mas Israel voltará a ter comunhão com Deus, Apocalipse é um livro de figuras. ""E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada...", as asas servem para ir ao alto, ou seja comunhão com o Senhor, Israel será alvo de todas as nações, e irá para o deserto pois: 

"...e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações."
Israel não terá mais onde habitar será destruída a cidade e o templo. Destaco também: "...até o fim haverá guerra...", quando os discípulos perguntam em Mateus 24 sobre o fim Jesus disse sobre a grande aflição, então vemos que o fim não é o arrebatamento, pois Israel continuará aqui com todas as nações, e essa guerra como diz o texto será até o fim dos três anos e meio, onde Jesus virá e destruirá o anti-Cristo, a Besta e o falso profeta, lançará Satanás na prisão por mil anos (Apocalipse 20), onde então a igreja virá com Jesus para reinar por mil anos na Terra junto com Israel, e então virá o julgamento final.

Agora você pode se perguntar, por que citamos tanto Israel quando falamos de Grande tribulação? A resposta está na Bíblia:

"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo." Daniel 9:24

O texto nos diz :"Setenta semanas estão determinadas sobre teu povo...", quem era o povo de Daniel? Israel.
Concluímos então : as sete primeiras semanas foram referentes a reconstrução de Jerusalém, as sessenta e duas semanas foi sobre o dia que viria o Messias em Israel. A semana que falta também se refere a Israel pois está dentro das setenta semanas determinadas sobre Israel. Muitos questionam : há salvação para igreja na Grande Tribulação? Minha resposta é: Hoje salvação para a Igreja, e estamos lutando para não ficar para trás, pois vai ficar para trás o infiel(1 Tessalonicences 5:1 a 4.)..., a Grande Tribulação é um evento totalmente determinado sobre Israel.

1 Tessalonicenses 5:4 "Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão.''

Mateus de Souza Morais



9 comentários:

Anônimo disse...

QUANDO LEMOS QUALQUER ARTIGO QUE FALA SOBRE A GRANDE TRIBULAÇÃO, SENTIMOS UM CERTO MEDO, POIS SABEMOS QUE SÓ OS FIÉIS NÃO PASSARÃO POR ESTA EXPERIÊNCIA;QUANDO ELA VIER, ESTAREMOS A SALVO, É NOSSA CERTEZA, MAS QUANTOS DE NOSSOS FAMILIARES E AMIGOS FICARÃO?!... ESTE RECEIO É POR AGORA, POIS SABEMOS QUE DEPOIS NÃO NOS LEMBRAREMOS MAIS DO QUE FOI E DO QUE SERÁ DESTA TERRA... MAS É BOM QUE ESTEJAMOS ATENTOS E SANTIFACADOS, PARA NÃO VERMOS ESTA GRANDE PROFECIA QUE ESTÁ SE CUMPRINDO EM NOSSOS DIAS. ALELUIA E GLÓRIAS A DEUS POR TODA A ETERNIDADE. ALTIVO

Mateus disse...

Agradecemos ao irmão Altivo, que sempre tem acompanhao o Blog, realmente fica uma tristeza sabermos que nem todos alcançarão a salvação, mas nos alegremos porque Deus nos salvou um dia, e temos permanecido até aqui.

eliezer disse...

Graça e Paz ! nao teria a mesma coragem que voce , meu amigo , teve para escrever tal assunto e divulga-lo, mas creio na graça que voce tem transmitido em seus textos. Obrigado por mais esta contribuiçao . Eliezer Souza

Mateus disse...

Irmão Eliezer muito nos alegra ver que o irmão tem seguido ao Blog, tudo que estamos escrevendo é pra Glória do Senhor, tomara que este trabalho vá em frente, pois tem ajudado muito a mim e ao Gabriel, porque temos lido mais a Palavra de Deus.

Paz irmão.

Eliezer souza campidelli disse...

amem. que esse trabalho possa continuar na graça e na sabedoria porque é edificante para que le. Eliezer.

professor Lincon Alves Silva Borchio disse...

Voces são pre tribulacionistas ou pos tribulacionistas ? Nao ficou muito claro aqui. de Qual grupo é o estudo ? Eu mesmo creio na vinda de Cristo pre tribulacionista, acho que a biblia é clara nesse aspecto.Obrigado,estou acompanhando e gostando

Mateus disse...

Somos pré tribulacionistas, obrigado por participar irmão, cremos que está claro também na Palavra.

Anônimo disse...

parabens meu irmao pelo estudo, no tempo de hoje onde as igrejas pouca falam sobre o assunto e louvavel ver o irmao interessado em esclarecer esse tema, sou pastor e fico feliz em ver este estudo tao esclarecedor.

Anônimo disse...

Muito Bom texto, tenho fé na minha salvação!