sábado, 18 de junho de 2011

Os carros ferrados

Graça e Paz a todos, por sugestão do meu amigo Gabriel, hoje postarei uma mensagem e não um estudo. Essa próxima semana pretendo continuar a serie de estudos sobre Jesus no Velho Testamento. Hoje veremos sobre um período de uma guerra da história de Israel, boa leitura.

"Então os filhos de Israel clamaram ao SENHOR, porquanto ele tinha novecentos carros de ferro, e por vinte anos oprimia violentamente os filhos de Israel." Juízes 4:3

A situação de Israel conforme o texto que lemos mostra um momento difícil, em que Israel temia lutar, e o autor do livro destaca o porquê; eles temiam os carros de ferro. Observemos na Palavra que essa história dos carros de ferro já era antiga.

"E estava o SENHOR com Judá, e despovoou as montanhas; porém não expulsou aos moradores do vale, porquanto tinham carros de ferro." Juízes 1:19

A Palavra nos mostra o momento que Josué que era o guia do povo estava vivo, e ele disse para Judá despovoar as montanhas, e como lemos o Senhor foi com Judá mas os mesmos temeram os carros de ferro, o que virou um problema mais na frente pois esses carros que eles deixaram de destruir enquanto o Senhor era com eles depois os oprimiram por 20 anos. O rei que oprimia o povo com os carros era Jabim, ele reinava em Hazor, e havia um comandante do seu exercito que se chamava Sísera. Alguns significados de nomes em hebraico: Jabim: "aquele a quem Deus serve", Hazor: "área cercada", Sísera:"ordem de batalha".

Meus irmãos toda a Palavra é viva, revelada, fala com o homem, ela não está presa a letra, não é estática, através do Espírito Santo ela fala ao homem, e neste texto não é diferente, tem um ensino nesta passagem.

Primeiro vemos o fato de o povo estar forte com a mão do Senhor ajudando e deixar de lutar por causa dos carros de ferro, e depois os mesmos carros de ferro os oprimiram. Cuidado com sua caminhada, as vezes surgem situações ou até mesmo pecados, que deixamos passar pra lá quando estamos fortes na caminhada, mas lá na frente esse inimigo pode voltar quando você estiver fraco e te derrotar, e Israel tinha esse grave problema, não lutar contra carros de ferro, para eles era algo difícil de vencer, visto que eram carros cobertos com armadura de ferro, com laminas afiadas, causavam uma destruição enorme, esses carros falam da ação do adversário na vida do servo, ATINGIR A MENTE, pois se ele abala a sua fé, você não tem desejo de tentar lutar. Observemos o adversário do povo:

Jabim"aquele a quem Deus serve", Jabim nos representa Satanás, (lembra de quando ele pediu adoração pra Jesus); Jabim reinava em Hazor "área cercada", e o inimigo só tem poder de reinar assim, em quem está preso, rodeado, (como o pecado, o vicio agem na vida do homem) por isso Jesus vem libertar, para não sermos mais atingidos pelo adversário, e nos tocar ele não pode mas pode atingir a mente, o carro ferrado é aquele seu problema antigo, seu vicio oculto, seu "pecadinho" que nunca sai, seu problema que nunca se resolve, a mesma coisa de sempre, a mesma "batalha", mas a Palavra nos dá a solução para vencer qualquer problema, vejamos como foram vencidos estes inimigos de Israel.

"E Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo.Ela assentava-se debaixo das palmeiras de Débora, entre Ramá e Betel, nas montanhas de Efraim; e os filhos de Israel subiam a ela a juízo." Juízes 4:4 e 5

O nome Debora significa "abelha" e essa figura nos lembra o Espírito Santo, a abelha faz o mel, o Espírito Santo convence o homem da amargura do pecado, trazendo o doce perdão de Deus ao coração do pecador, Débora habitava entre Betel = "Casa de Deus" e Ramá = "alturas", nos mostra claramente a ação do Espírito Santo hoje que é trazer aquilo que vem das alturas "Eternidade" para a casa de Deus "igreja", ou seja trazer a revelação da parte de Deus, a direção para a igreja, a primeira coisa que Israel fez que iniciou a vitória foi dar ouvidos a Débora, e a igreja, eu e você só teremos vitória sobre o pecado, sobre o nosso inimigo se dermos ouvidos ao Espírito Santo, Débora sabia como vencer, e a igreja nessa hora precisa dar ouvidos pois só com a direção do Espírito Santo ela será vitoriosa.

O resultado de tudo foi que a estratégia que o Senhor revelara a Débora derrotou os inimigos e os carros de ferro, mas Sísera fugiu e se escondeu na tenda de Héber, típico do adversário de nossas almas, quando estamos vivendo uma vida consagrada, ouvindo o Espírito Santo, obedecendo, ele se afasta, mas fica na espreita esperando um momento para voltar, por isso não podemos deixar brecha.

A SIMPLICIDADE DA AÇÃO DE DEUS

Sabe como Sísera foi derrotado? ele pediu a esposa de Héber que se chamava Jael, que mentisse dizendo que ele não estava ali, mais uma vez vemos uma figura do adversário, pai da mentira, e ninguém vence mentindo, mentira serve para abrigar o inimigo na sua habitação. Jael foi sábia e lhe deu leite quente quando ele pediu agua, ele teve um profundo sono, então ela tomou uma estaca da tenda e matou o grande inimigo de Israel.

"Então Jael, mulher de Héber, tomou uma estaca da tenda, e lançou mão de um martelo, e chegou-se mansamente a ele, e lhe cravou a estaca na fonte, de sorte que penetrou na terra, estando ele, porém, num profundo sono, e já muito cansado; e assim morreu." Juízes 4:21

disponibilizado na tenda, isto é na igreja, é a oração, é o jejum, são as vigílias e as madrugadas em oração, é o louvor na congregação, a leitura à Palavra, nessa ultima hora da igreja muitos estão atrás do "lenço ungido", da "rosa ungida", da ''pedra do rio Jordão", do "homem poderoso", do "profeta", do "apostolo", "missionário", "doutor em divindade"; mas Deus tem nos dado a vitória nas coisas simples. O inimigo é cruel, traiçoeiro, poderoso, nossas armas são simples sim, mas temos que ter fé pois: "Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas." 2 Coríntios 10:4

Ninguém precisa correr atrás de campanhas, soluções milagrosas, grandes concentrações, pois a arma Deus disponibiliza para a igreja, seja ela pequena, grande, no campo, na cidade, e mais, não precisa de um Pastor usar as armas para você, pois Deus deixa estas armas para você mesmo usar, basta lançar mão deste recurso, participando do corpo de Cristo, a igreja.

Paz a todos.


Mateus de Souza Morais

19 comentários:

Anônimo disse...

Maravilha de mensagem irmão..
Que DEUS continue te abençoando......
A PAZ DO SENHOR JESUS....

Mateus disse...

Amém irmão, gloria a Jesus, eu preguei essa mensagem no início deste mês, obrigado pelo comentário, que a Paz do Autor e Consumador da nossa fé esteja presente.

Anônimo disse...

Eu preguei kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tudo bem tipo assim,mais facil falar que vc leu essa msg em algum artigo ? Da sua igreja essa msg não ?

Mateus disse...

Prezado leitor anônimo, não entendi o que tem de tão engraçado. Esta mensagem estava guardada na minha Bíblia há mais de dois anos, escrevi ela num pedaço de papel e guardei. Se houvesse tirado de alguma fonte pode ter certeza que iria citar o local. Paz.

Mateus disse...

Complementando, achei o papel de que falei denovo e olhei a data, foi julho de 2007. mais de 4 anos atrás. O tempo passa muito rápido, me lembro que estavamos eu e mais 4 jovens estudando a Palavra na igreja, bons tempos.

Gabriel disse...

O que ( honestamente ) me chateia é , saber que tem gente que "conhece " o evangelho e, talvez até da mesma congregação fazendo comentarios tao baratos como esse. Fico pensando.... por que nao pegam a biblia e comecem a etudar tambem...para , DE VERDADE, pregarem o evangelho...!!!! Mas fica aqui o nosso abraço e agradecimento, pois sabemos que nosso conteudo tem sido lido por todos voces.

Anônimo disse...

É isto aí, não desistam. Continuem levando a Palavra...altivo

Anônimo disse...

o bom de fazer comentario aqui é que todo mundo gosta de opinar no comentario dos outros. \O/

Mateus disse...

amém anônimo \o/

Valdinho do Pai disse...

A paz ,amdos. sempre ouço falar dessa expressao "carros ferrados", aqui pude entender com detalhes e melhor, com detalhes ricos. abraço e bençao.

Anônimo disse...

Irmão Mateus a Paz do Senhor Jesus,

Sua mensagem foi de grande valia pra mim pois pela misericordia do Senhor sou dirigente de congregação e creio que hj tenho algo a mais p/ passar à Igreja.

Deus te abençoe

Anônimo disse...

Meu querido a glória é sempre de Deus! Essa mensagem teve origem na Igreja Cristã Maranata. Se vc é dessa igreja amém, se não, fica experto pois Deus não se deixa escarnecer e não é Deus de confusão. Se vc busca vc pode sim encontrar as revelações do Espírito Santo, forte abraço e continue sua caminhada.

Gabriel Felipe disse...

Meu "irmão", essa mensagem foi escrita pelo meu amigo Mateus Morais. Mateus é uma pessoa séria e honesta e, embora a citada igreja já tenha a algum tempo trabalhado esse tema (carros ferrados), a escrita é de Mateus Morais. Nosso blog é sério e não precisa ficar plagiando como tantos que conheço. Quanto à sua igreja, meu caro, só te digo uma coisa: vai ler mais a Palavra de Deus, pois ali dentro muitos estão precisando. São muitas heresias a serem combatidas ali dentro. Se acha que entende alguma coisa, vá fazer isso. Eu acho que você não entende nada, pois seu comentário acima está enfeitado de erros de português grotescos... Portanto, nos mostre a fonte que esteja escrita igual a essa. Passar bem!

Pablo souza ramos disse...

PARABENS, PELA MENSAGEM EDIFICANTE,E CONTINUE ASSIM ,ME AJUDOU BASTANTE !!!!!

Pablo souza ramos disse...

PARABENS, PELA MENSAGEM EDIFICANTE,E CONTINUE ASSIM ,ME AJUDOU BASTANTE !!!!!

Adriano disse...

Essa mensagem é de origem da Igreja Cristã Maranata mas o que importa é a eficácia dela e acho grosseiro esconder os fatos.

Adriano disse...

O importante é que de qualquer forma, seja por motivos falsos ou verdadeiros, Cristo está sendo pregado, e por isso me alegro. De fato, continuarei a alegrar-me," (Filipenses. 1:15-18).

Gabriel Felipe disse...

Meu caro, Mateus Morais é quem escreveu a postagem acima e a mesma foi pregada por ele a partir da Igreja Cristã Maranata, mas a escrita e as considerações são dele que, aliás, " carros ferrados" é uma expressão bíblica.

Eu mesmo não acho mais conveniente se apropriar de alguma mensagem da referida igreja, uma vez que essa está totalmente envolta por problemas que envolvem heresia, engano, idolatria denominacional, sectarismo e farisaísmo. Isso sem falar dos últimos escândalos que revelam o quanto a referida igreja está precisando se abrir para uma reforma, tanto moral como doutrinária.

Anônimo disse...

Amem.
Revelação x razão.
Que prevaleça a revelação.