terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Considerações sobre os atributos Divinos de Jesus como homem

E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:14


Irmãos A paz do Senhor Jesus, estamos felizes pois o Blog tem crescido ultimamente, o que nos tem motivado a escrever ainda mais, para gloria do Senhor. Bom eu estava meditando e acabei tendo uma duvida que buscando na Palavra eu esclareci, sobre os atributos divinos Onipotência, Onisciência e Onipresença de Jesus como homem, digo isto porque era necessário que Ele padecesse como homem, sem usar o seu poder para padecer:

Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. 
Hebreus 4:15

Então vemos no texto acima que ele foi tentado em tudo como nós, ou seja não usou os seus atributos para vencer as tentações e o mundo, do contrario Ele mesmo disse que se pedisse o Pai enviaria uma legião de anjos para o livrar (Mateus 23:53), mas por amor a mim e a você Ele não pediu, para poder nos justificar. Irmãos se Jesus usasse seus atributos por Ele mesmo, para vencer, Ele não nos justificaria, então como estamos mostrando neste blog os atributos Divinos de Jesus? Simples resposta: pois Jesus nunca usou seus Atributos Divinos para Ele mesmo, nunca os usou para vencer nenhuma tentação; Você pode me questionar que Jesus ficou 40 dias e 40 noites jejuando, ora mas Elias e Moisés ficaram também, tenho um estudo sobre isto que postarei depois, pois Elias e Moisés aparecem juntos de Jesus em certo momento, e no Apocalipse aparecem duas testemunhas, (acho melhor falar sobre isto depois).

O que quero que os irmãos entendam é que Jesus só usou os seus Atributos Divinos para se revelar ao homem, para efetuar curas, como quando Ele fala com a mulher samaritana sobre o seu pecado, como quando Ele acalma a tempestade, como quando ele ressuscita Lazaro, sempre usou seu poder pelo homem e não por Ele mesmo, tanto que Ele sabia o que havia no coração do homem, "E não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem." João 2:25. Jesus manifestou o seu poder para se revelar, para se mostrar ao homem como Deus e Senhor, isso tudo sem deixar de ser humano, pois vemos o mesmo Jesus cansado, "E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isto quase à hora sexta." João 4:6; vemos Jesus sentindo fome após jejuar, tudo que Ele passou ele passou como homem, como carne, "...o Verbo se fez carne...".

Eu pergunto: Jesus poderia evitar tudo que passou? Sim:

E Jesus lhes respondeu, dizendo: É chegada a hora em que o Filho do homem há de ser glorificado. 
João 12:23

A todo momento Ele poderia ter evitado, tanto que Ele sabia a hora que iria ser preso, que iria ser preso na cruz, que iria morrer, mas em nenhum momento vemos isto, "E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres." Mateus 26:39, mas vemos Jesus se entregando, se entregando tanto que no momento que Ele viu que estava consumado Ele disse:

"E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou." Lucas 23:46

Irmãos até mesmo o seu Espirito Ele não tirou, mas o entregou ao Pai, podemos então concluir que:


  1. Jesus não usou em nenhum momento a sua Divindade a seu favor;
  2. Padeceu como homem, como qualquer homem padeceria, sofreu todo tipo de dor e enfermidade como nos fala o livro de Isaías (Isaías 53:4);
  3. Jesus é o nosso Salvador por isto, Ele se humilhou, se despindo de toda a sua glória;
  4. Jesus somente manifestou sua glória aos homens, para salvar, para se revelar, para trazer salvação.


Mateus Morais
Servo de um Deus Maravilhoso

2 comentários:

Evandro Villa disse...

Apdsj. Estou satisfeito em ter conhecido o blog. É um acervo riquíssimo pra quem gosta de aprender e prega a palavra. Abraço.

Evandro Villa

Gabriel Felipe disse...

Agradecemos ao irmão pela presença. Sinat-se livre para usar qualquer mensagem. Essas riquezas não nos pertence. Continue conosco.
Paz!